Como escolher um arquiteto para o seu projeto

Material de Construção. Prazo de Entrega. Custo da Mão de Obra. Ao iniciar o planejamento de uma obra são inúmeros os aspectos a serem levados em conta, onde na maioria dos casos a tarefa de escolher um arquiteto acaba ficando para um segundo momento.  E é justamente este um dos motivos que geram frustação e dor de cabeça durante o desenvolvimento do projeto.

Tão importante quanto saber o tipo de bloco de concreto certo, é ter em mente que a escolha do arquiteto tem impacto direto no resultado da sua obra. Assim como o médico, o advogado ou o dentista tornam-se especialistas em determinada área, o arquiteto define sua linha de trabalho ao longo da sua carreira e principalmente o estilo de obra com o qual ele trabalha. Por isso, antes de realizar o primeiro contato com o profissional é importante estar atento a alguns pontos que irão fazer toda a diferença ao realizar a contratação do serviço, conforme listamos a seguir:

 

5 ASPECTOS PARA ANALISAR AO ESCOLHER UM ARQUITETO:

 

1 – CONHEÇA O PORTFÓLIO

Depois do nome e do contato, o portfólio é o item mais importante ao iniciar a busca por um profissional. Neste documento você pode encontrar facilmente o estilo do arquiteto, as referências utilizadas e as obras que já foram realizadas por ele. Esta é uma ótima ferramenta para encontrar inspirações para o seu projeto e orientar a primeira conversa no momento da reunião.

 

2 – VISITE OS EMPREENDIMENTOS

Por uma questão de tempo ou até mesmo de localização nem sempre essa é uma opção viável, mas procure fazer uma visita técnica as obras realizadas pelo arquiteto. Converse com o responsável pelo imóvel sobre como foi a sua experiência ao contratar aquele profissional, faça fotografias, analise as plantas do projeto, extraia todas as informações que possam facilitar ou embasar sua escolha para evitar frustrações.

 

  3 – PROCURE POR REFERÊNCIA

Mesmo com a facilidade de acesso a informação na internet, a melhor maneira de encontrar um arquiteto continua sendo a boa e velha indicação. A sugestão é iniciar a pesquisa por obras que sirvam de inspiração para o projeto na sua localidade e a partir disso localizar o arquiteto responsável para uma conversa. Desta forma a probabilidade de haver erros de incompatibilidade na escolha caem pela metade.

 

4 – TENHA O PROJETO EM MÃOS

Ao contratar o trabalho de um arquiteto, você conta com a garantia de um trabalho profissional que vá trazer bons resultados, economia e principalmente segurança na sua obra. E para que tudo isso seja possível, o mais importante é realizar a solicitação do projeto da obra. É nele que constam todas as informações técnicas e procedimentos a serem desenvolvidos em cada etapa da construção.

 

5 – AGENDE A REUNIÃO

Após cumprir todas as etapas anteriores, o próximo passo é entrar em contato com alguns profissionais antes de tomar a decisão final. O importante é listar previamente os principais pontos a serem abordados ao longo da conversa, fazendo uma avaliação do custo-benefício e entendendo a dinâmica de trabalho do profissional. Antes da contratação, não esqueça de conferir se o arquiteto trabalha com contrato. Jamais aceite iniciar qualquer serviço sem qualquer termo de compromisso.

 

Estes são apenas alguns pontos que vão facilitar a escolha do arquiteto ideal para a sua obra. Mas é importante destacar que os pré-requisitos podem variar de um caso para o outro, dependendo da necessidade do seu projeto.

 

Leia também: Antes e depois: 10 reformas que vão te surpreender

Compartilhar

Leave a Reply